Categorias

Apostolado da Oração

Psicologia do Trabalho e das Organizações: Contributos

Psicologia do Trabalho e das Organizações: Contributos

Fátima Lobo, ed., Psicologia do Trabalho e das Organizações: Contributos, Psicologia 6 (Braga: Axioma - Publicações da Faculdade de Filosofia, 2016), DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556

Mais detalhes

À venda À venda!
15,00 €

Disponível apenas on-line

Psicologia do Trabalho e das Organizações: Contributos

Type eBook
Editor Fátima Lobo
DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556
Rights                   © 2016 Aletheia - Associação Científica e Cultural                  
Series Psicologia
Place Braga
Publisher Axioma - Publicações da Faculdade de Filosofia
ISBN 978-972-697-255-6
Date 2016
Series Number 6
Language Portuguese, English and Spanish
# of Pages 284
Date Added 28/06/2016, 15:22:33
Modified 28/06/2016, 16:17:19
Contents

A Psicologia do Trabalho e das Organizações, por efeito da crescente centralidade do trabalho, tem vindo a ganhar importância do ponto de vista epistemológico, científico e interventivo. Assim, submete ao exame crítico as práticas laborais e os processos de construção de sentido da vida individual, familiar e social do trabalhador; analisa o comportamento humano em ambiente laboral, propõe modelos teóricos para melhorar a eficácia organizacional e a qualidade de vida e contribui para a estruturação do trabalho, para a diminuição dos riscos psicossociais, para o bem-estar do trabalhador, a justiça, a equidade, a igualdade de género, o sentimento de pertença e de realização profissional, entre outras. Os contributos científicos que agora apresentamos, subdivididos em cinco capítulos – Comunicação; Relações Laborais; Riscos Psicossociais e Físicos; Trabalho e Qualidade de Vida e Avaliação-, visam coadjuvar o desenvolvimento da investigação naquela área científica através da colaboração de jovens investigadores em processo de mestrado ou doutoramento e investigadores seniores nacionais e internacionais e contribuir para a avaliação, diagnóstico e intervenção no universo psicológico laboral.

 

Hargie Owen, “The Importance of Communication for Organisational Effectiveness,”  15–32, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_015

 

Patrícia Araújo, Filomena Jordão, and José Castro, “Consequências das relações laborais atípicas e do desemprego em graduados do ensino superior: Uma revisão integrativa da literatura,”  35–56, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_035

 

Márcia Cardoso and Carla Serrão, “O papel de uma organização do ensino superior no processo de conciliação entre vida profissional e familiar de colaboradoras/es,”  57–70, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_057

 

Adriana Araújo and Sílvia Silva, “O alinhamento das práticas de trabalho de alto desempenho - um contributo teórico,”  71–82, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_071

 

Hugo Figueiredo-Ferraz, Ester Grau-Alberola, and Pedro Gil-Monte, “Influencia de los valores y la culpa en el síndrome de burnout,”  85–98, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_085

 

Mary Carlotto et al., “A autonomia desempenha um papel de mediação entre as sobrecarga de trabalho e a síndrome de burnout?,”  99–112, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_099

 

Judite Cruz, “Da ansiedade na escola ao burnout no emprego: dois autorrelatos de jovens adultos,”  113–30, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_113

 

Dathiê Franco-Benatti and Vera Navarro, “Os acidentes de trabalho na agroindústria canavieira da região de Araraquara, São Paulo (Brasil)  e os impactos na saúde dos trabalhadores,”  131–46, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_131

 

Dathiê Franco-Benatti and Vera Navarro, “Acidentes de trabalho e sofrimento físico e psíquico dos trabalhadores da indústria de calçados de Franca, São Paulo (Brasil),”  147–64, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_147

 

Juliana Fortes and Vera Navarro, “Adoecimentos e afastamentos do trabalho: estudo com trabalhadores bancários brasileiros,”  165–80, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_165

 

Rosario Zurriaga, Pilar González-Navarro, and Elisabetta Quattrocchi, “Intra-sexual competition, jealousy and harming at workplace,”  181–94, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_181

 

Rosina Fernandes, Joaquim Ferreira, and Emília Martins, “Bem-estar subjetivo e trabalho: relevância da satisfação, sucesso e longevidade laborais,”  197–208, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_197

 

Daniel Moura and Alejandro Orgambídez-Ramos, “Empowerment psicológico e Engagement como antecedentes do bem-estar e da satisfação laboral,”  209–24, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_209

 

Ricardo Moreira, “Representações sobre o papel do gestor de pessoas como facilitador nas negociações informais: uma abordagem qualitativa,”  225–38, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_225

 

Isabel Torres-Oliveira and Ana Meireles, “Evaluation of (des) promoters factors of organizational creativity,”  239–50, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_239

 

Ricardo Araújo, Fátima Lobo, and Cristina Queirós, “Adaptação do Consumers Style Inventory: estudo exploratório com consumidores portugueses,”  253–70, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_253

 

Fátima Lobo, Sónia Gonçalves, and Eduardo Tavares, “Construção e validação de uma escala de Centralidade do Trabalho. Resultados Preliminares,”  271–82, DOI 10.17990/Axi/2016_9789726972556_271