Categories

Apostolado da Oração

Search

A Filosofia da religião no Pensamento Português da Segunda Metade de Oitocentos

A Filosofia da religião no Pensamento Português da Segunda Metade de Oitocentos

Rocha, Afonso. “A Filosofia da Religião no Pensamento Português da Segunda Metade de Oitocentos.” Revista Portuguesa de Filosofia 67, no. 2 (2011): 207–30. DOI 10.17990/RPF/2011_67_2_0207.

More details

On sale On sale!
10,00 € tax excl.

136720207

Online only



  • A Filosofia da Religião no Pensamento Português da Segunda Metade de Oitocentos

    Author Afonso Rocha
    Rights © 2015 Aletheia - Associação Científica e Cultural | © 2015 Revista Portuguesa de Filosofia
    Volume 67
    Issue 2
    Pages 207-230
    Publication Revista Portuguesa de Filosofia
    ISSN 0870-5283; 2183-461X
    Date 2011
    DOI 10.17990/RPF/2011_67_2_0207
    Language Portuguese
    Abstract Resumo O presente ensaio equaciona os termos em que o pensamento filosófico português concebeu a religião entre 1850 e 1910. Adoptando como base as concepções das figuras consideradas filosoficamente mais representativas no período (Amorim Viana, Teófilo Braga, Antero de Quental, Sampaio Bruno), o estudo constata que a filosofia da religião, nesse período, por razões que se prendem, a par do especial anquilosamento do pensamento teológico-pastoral do cristianismo católico, nomeadamente com a particular afirmação da ciência e da razão, foi em Portugal objecto duma profunda ou mesmo radical evolução: uma evolução que tornou possível que a religião deixasse praticamente de ser pensada pela filosofia à luz do cristianismo, para passar a ser pensada dominantemente em termos racionais e místicos, como Religião da Razão. Palavras-chave : catolicismo, ciência, filosofia da religião, misticismo, Pensamento português, razão

    Abstract This work presents the terms in which the philosophical portuguese thought conceived the religion betwen1850 and 1910. Based on the conceptions of the most reckoned philosophical personalities of this period (Amorim Viana, Teófilo Braga, Antero de Quental, Sampaio Bruno), this essay will try to demonstrate that the religion philosophy, then, owing the reasons that respect, as the special catholic theological and pastoral thought ankylosis, especially to the particular proeminence of science and reason, has knowed in Portugal a deep and even a radical evolution: an evolution that made possible that religion was no longer thought by the philosophy according the Christianity, being thought since this period mainly in rational and mystic terms, as Reason Religion. Keywords : Catholicism, science, philosophy of religion, mysticism, Portuguese Thought, reason
    Date Added 02/07/2015, 17:20:44
    Modified 21/07/2015, 14:18:11

    Tags:

    • Catholicism
    • mysticism
    • philosophy of religion
    • Portuguese Thought
    • reason
    • Science
  • Formato do Ficheiro Adobe PDF
  • Formato do Livro Electrónico (E-Book)

Cart  

No products

Shipping 0,00 €
Total 0,00 €

Cart Check out

PayPal

Search