Categorias

Apostolado da Oração

Pesquisa

Max Planck e a Relevância Metafísica do Realismo para a Ciência Natural

Max Planck e a Relevância Metafísica do Realismo para a Ciência Natural

Fragozo, Fernando, and António A. P. Videira. “Max Planck e a relevância metafísica do realismo para a ciência natural.” Revista Portuguesa de Filosofia 68, no. 1–2 (2012): 51–72. DOI 10.17990/RPF/2012_68_1_0051.

Mais detalhes

À venda À venda!
10,00 €

136810051

Disponível apenas on-line





  • Max Planck e a relevância metafísica do realismo para a ciência natural

    Author Fernando Fragozo
    Author António A. P. Videira
    Rights © 2015 Aletheia - Associação Científica e Cultural | © 2015 Revista Portuguesa de Filosofia
    Volume 68
    Issue 1-2
    Pages 51-72
    Publication Revista Portuguesa de Filosofia
    ISSN 0870-5283; 2183-461X
    Date 2012
    DOI 10.17990/RPF/2012_68_1_0051
    Language Portuguese
    Abstract Resumo O objetivo deste artigo consiste em apresentar as reflexões filosóficas do físico teórico alemão Max Planck (1858-1947) sobre a ciência. Tratar-se-á de realçar sua posição em relação ao realismo, sua crítica ao positivismo – aqui representado pelas ideias de Ernst Mach, sua análise do procedimento científico e a decorrente posição ética proposta. Em particular, chamamos atenção para a peculiaridade e a complexidade de seu pensamento, nem sempre suficientemente ressaltadas por historiadores e analistas, notadamente no que tange à importância da fé na existência do mundo exterior como condição de possibilidade da ciência assim como o caráter finito e passível de reinterpretação do conhecimento científico. Palavras-chave : Desantropomorfização, Ernst Mach, Filosofia da Ciência, História da Física, Max Planck, Metafísica, Realismo 

    Abstract This paper aims at presenting the philosophical reflections of the German theoretical physicist Max Planck on science. Of special concern is Planck’s position on realism, his critique of positivism – here represented by the ideas of Ernst Mach, the analysis of scientific procedure and the resulting ethics proposed. In particular, we emphasize the peculiarity and complexity of his thought, not always sufficiently highlighted by historians and analysts, especially regarding the relevance of faith in the existence of the outside world as a condition of possibility of science as well as the finite and liable to reinterpretation character of scientific knowledge. Keywords : Deanthropomorphizing, Ernst Mach, History of Physics, Max Planck, Metaphysics, Philosophy of Science, Realism
    Date Added 02/07/2015, 17:20:45
    Modified 13/07/2015, 10:01:02

    Tags:

    • Deanthropomorphizing
    • Ernst Mach
    • History of Physics
    • Max Planck
    • metaphysics
    • Philosophy of Science
    • Realism
  • Formato do Ficheiro: Adobe PDF
  • Formato do Livro: Electrónico (E-Book)

Carrinho  

Sem produtos

Envio 0,00 €
Total 0,00 €

Carrinho Encomendar

PayPal

Pesquisa