Categorias

Apostolado da Oração

Pesquisa

Rousseau e a Questão do Direito dos Judeus

Júnior, José Benedito de Almeida. “Rousseau e a Questão do Direito dos Judeus.” Revista Portuguesa de Filosofia 70, no. 4 (2014): 833–50. doi:10.17990/RPF/2014_70_4_0833.

Mais detalhes

À venda À venda!
10,00 €

137040833

Disponível apenas on-line



  • Rousseau e a Questão do Direito dos Judeus

    Author José Benedito de Almeida Júnior
    Rights © 2015 Aletheia - Associação Científica e Cultural | © 2015 Revista Portuguesa de Filosofia
    Volume 70
    Issue 4
    Pages 833-850
    Publication Revista Portuguesa de Filosofia
    ISSN 0870-5283; 2183-461X
    Date 2014
    DOI 10.17990/RPF/2014_70_4_0833
    Language Portuguese
    Abstract Resumo Este trabalho tem por objetivo compreender um dos aspectos da concepção de tolerância religiosa na obra de Jean-Jacques Rousseau, neste caso especificamente, a situação do povo judeu na Europa. Para tanto, analisa especialmente as obras O Emílio ou da educação e a História do anti-semitismo, vol. III: De Voltaire a Wagner de Leon Poliakov. Na primeira parte analisa a postura de Rousseau que reivindicou o direito dos judeus terem seu território, suas escolas e universidades oferecendo, desta forma, suas razões sobre as divergências com a exegese cristã. Posteriormente, analisa a importância que a Bíblia exerce no pensamento político de Rousseau. Por fim analisa a proposição de Poliakov, segundo a qual Rousseau utiliza expressões anti-semitas comuns de seu tempo, sem que isso implicasse uma postura de intolerância em relação aos judeus. Procuramos demonstrar, sobre este assunto, que tais expressões foram utilizadas em um contexto específico e que o recorte indevido delas leva a uma interpretação de serem anti-semitas, quando de fato, não o são. Palavras-chave : filosofia, judaísmo, religião, Rousseau, tolerância

    Abstract The purpose of this study is to understand one of the aspects concerning religious tolerance conceived in the work of Jean-Jacques Rousseau; here, the situation of the Jewish people in Europe will be considered, especially through an analysis of the works Emile or on Education and Poliakov’s the History of Anti-Semitism, vol. III: From Voltaire to Wagner. The first part analyzes the posture of Rousseau who claimed the right of the Jews to have their territory, their schools and universities and, in that way, offering their reasons regarding divergences with Christian exegesis. After that, it analyzes the importance the Bible exercises on the political thought of Rousseau. Finally, it analyzes the proposition of Poliakov, according to which Rousseau himself made use of common anti-semitic expressions of his time, without this implying a posture of intolerance in relation to the Jews. We seek to show, in regard to this matter, that such expressions were used in a specific context and that improperly removing them from that context leads to an interpretation of them as anti-Semitic, when, in fact, they are not. Keywords : judaism, philosophy. religion, Rousseau, tolerance
    Date Added 02/07/2015, 17:20:44
    Modified 10/07/2015, 12:02:29

    Tags:

    • judaism
    • Philosophy
    • Religion
    • Rousseau
    • tolerance

Carrinho  

Sem produtos

Envio 0,00 €
Total 0,00 €

Carrinho Encomendar

PayPal

Pesquisa